Pesquisar

elástico no pulso

"Mastering others is strenght, mastering yourself is the true power." Lau Tzu

Dores de crescimento

“Certo dia, um homem estava no quintal da sua casa e observou um casulo pendurado numa árvore. Curioso, o homem ficou admirando aquele casulo durante um longo tempo.

Ele via que a borboleta fazia um esforço enorme para tentar sair através de um pequeno buraco, sem sucesso. Depois de algum tempo, a borboleta parecia que tinha desistido de sair do casulo, as suas forças tinham-se esgotado.

O homem, vendo a aflição dela para querer sair resolveu ajudá-la: pegou uma tesoura e cortou o resto do casulo para libertar a borboleta. A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho e as suas asas achatadas.

O homem, vendo a aflição dela para querer sair resolveu ajudá-la: pegou uma tesoura e cortou o resto do casulo para libertar a borboleta. A borboleta saiu facilmente, mas seu corpo estava murcho e as suas asas achatadas.

O homem, feliz por ajudá-la a sair, ficou à espera do momento  em que ela fosse abrir as asas e fosse voar, mas nada aconteceu.

A borboleta passou o resto da sua vida com as asas encolhidas e rastejando o seu corpo murcho.  Nunca foi capaz de voar…

O homem então compreendeu que o casulo apertado e o esforço da borboleta para conseguir sair de lá, eram necessários para que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas para fortalecê-las e ela poder voar assim que se libertasse do casulo.”

in:https://neurocrescimento.wordpress.com/

Swásthya Yôga

Se há uns anos me tivessem dito que eu iria fazer yôga, eu ter-me-ia rido. Aliás, fi-lo quando alguém uma vez sugeriu para acalmar o stress. Correr, fazer karaté, jogar basket, eram as minhas formas de acalmar, tinha a sensação de que se não libertasse a energia física, a cabeça não acalmava.

Continue reading “Swásthya Yôga”

Esquece os resultados, desfruta do processo

 É como aquela história clássica do miúdo que saiu de casa para ir estudar com um grande mestre. Quando conheceu o velho sábio, a primeira pergunta que lhe fez foi: “Quanto tempo vou demorar a ficar tão sábio como tu?” A resposta não se fez esperar: “Cinco anos”. “É muito tempo”, retorquiu o miúdo. “E se eu trabalhar com o dobro do afinco?”, disse. “Nesse caso, demorarás dez anos”, respondeu o mestre. “Dez?! É muito tempo. E se eu estudar dia e noite, todos os dias e todas as noites?” disse “Quinze anos”, respondeu o sábio. “Não compreendo”, disse o miúdo. “Sempre que prometo dedicar mais energia ao meu objectivo, dizes-me que vou demorar ainda mais tempo a atingi-lo. Porquê” Disse o sábio: ” A resposta é simples. Com um olho fixo no destino, sobra-te um olho para te guiar ao longo da viagem.

in O Monge que vendeu o seu ferrari

Escitalopram I

Hoje comecei a tomar medicação, escitalopram.

Continue reading “Escitalopram I”

“The real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes”

Marcel Proust já dizia que a verdadeira viagem consistia, não em procurar por novas paisagens, mas em ver o mundo com outros olhos. Um dia destes ao folhear um livro de Mindfulness descobri como esta frase resume tão bem o que eu estou a viver neste momento.  E quase que me sinto grata (há dias que sinto mesmo, nos dias bons), pela TAG (transtorno de ansiedade generalizada) ter entrado na minha vida e me ter permitido esta capacidade de ganhar novos olhos, novas perspectivas, sobre as coisas, e, sobretudo, de pela primeira vez, mais do que conquistar novas “paisagens”, querer parar e saborear o que de tão belo há no aqui e no agora. Senti a necessidade de parar a maratona e de me sentar numa rocha a contemplar a paisagem.

Continue reading ““The real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes””

Hipocondríaco, quem eu?!

Uma pessoa que sofre de TAG é claramente dado ao drama, e falo por mim, que se tenho uma dor no dedo mindinho do pé esquerdo, a primeira coisa que penso é que este pode estar fracturado, se está fracturado sem me recordar onde é que o possa ter lesionado é porque devo ter osteoporose, que só pode estar ligada ao Síndrome de Cushing ,dado que este se deve ao elevado aumento de cortisol, vulgo hormona do stress, e essa, sabemos nós ansiosos, temos para dar e vender. Conclusão: sou  hipocondríaca, ou tal qual um ser do sexo oposto, só consigo achar que esta dor, que é cada vez mais forte, vai-me matar dentro de dias, caso não vá a correr para o hospital. Na verdade foi só de uma corrida mal dada com umas sapatilhas xpto, mas que não eram adequadas à minha passada.

Continue reading “Hipocondríaco, quem eu?!”

Dolce Far Niente – Ser ou Fazer

Quarta-feira à noite no encontro semanal de Couchsurfing

(conversa entre uma portuguesa, um israelita e um americano)

Eu: De onde vens?

Gal: Israel.

Ed:O que fazes?

Gal:NADA.

Continue reading “Dolce Far Niente – Ser ou Fazer”

Poema em Linha Recta

(…) Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

E (…) eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,

Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo

Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,

Nunca foi senão príncipe – todos eles príncipes – na vida…

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana

Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;

Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!

Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.

Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?

Ó príncipes, meus irmãos,

Arre, estou farto de semideuses!

Onde é que há gente no mundo?

Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra? (…)

Álvaro de Campos

O preço da invulnerabilidade

Não só pró auto-ajuda (livros, palestras,….), mas quando vi os primeiros vídeos desta senhora – Bréne Brown (investigadora, tem uns TedTalks melhores que este), algo tocou dentro em mim e fez-me rever a minha vida e as minhas escolhas até este momento (tipo filme), e foi como algo se tivesse revelado.

Sei que este vai ser o tópico principal da consulta de hoje.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

8230aaa's Blog

Just another WordPress.com weblog

The Food Obsessive

Indulging in the world of food

A Cidade Dourada - The Golden City

Impressões de uma Portuguesa, de Lisboa, em Lanzhou, China. - Impressions of a Portuguese, from Lisbon, in Lanzhou, China.

Live to Write - Write to Live

We live to write and write to live ... professional writers talk about the craft and business of writing

Inspiralight

Inspiring stories, adventures and social experiments.

É preciso ter Karma

Ideias orientais num mundo ocidental

elástico no pulso

"Mastering others is strenght, mastering yourself is the true power." Lau Tzu

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.